Jorge Viana comenta decisão do TSE