Nem a base de Temer engole a reforma previdenciária

E-mail Imprimir PDF

Com o início do funcionamento da comissão especial e do debate sobre a reforma previdenciária na Câmara, começa a ficar claro que nem a base parlamentar gelatinosa de Michel Temer está disposta a engolir o esbulho de direitos que ele e seu governo propõem. O relator, deputado Arthur Maia (PPS-BA), declarou que vai alterar a regra de transição para o novo regime, em que homens e mulheres só podem se aposentar aos 65 anos de idade. Na base, dezenas de deputados governistas já apresentaram emendas alterando diferentes dispositivos da proposta, na mesma linha do que faz a oposição. Pessoas com deficiência fizeram o primeiro protesto contra mudanças no BPC (Benefício de Prestação Continuada, que não é aposentadoria mas também é garfado pela reforma), matéria que o relator também prometeu examinar “com cuidado”. Aos membros da comissão, a subprocuradora-geral do Trabalho, Maria Aparecida Gurgel, disse que a reforma da Previdência "joga os fundamentos da República na lata de lixo”. E para completar, o presidente do PMDB, Romero Jucá, teve que desmentir o ministro Moreira Franco, pela afirmação, ao jornal Valor Econômico, de que o PMDB poderá liberar a bancada para votar como quiser na reforma previdenciária. Jucá, entretanto, não garante o fechamento de questão. Haveria rebelião na bancada.

Leia mais...
 

Brasil pega fogo e Temer toca harpa

E-mail Imprimir PDF

O Brasil afunda lentamente, como um barco em chamas, e o presidente postiço Michel Temer toca harpa, como Nero. Enquanto a rebelião dos policiais militares do Espírito Santo se agrava e se alastra, registrando mais de 120 mortes nas ruas da Grande Vitória, o ministro licenciado da Justiça, Alexandre de Moraes, cabala votos, em rega-bofe num barco do senador Wilder Moraes no Lago Paranoá, para ocupar a cadeira do Supremo Tribunal Federal vaga com a morte do ministro Teori Zavascki. E nem precisava disso, porque não existe o menor risco do seu nome não ser confirmado. Primeiro, porque Temer tem maioria folgada no Senado; segundo, porque grande parte dos senadores da Comissão de Constituição e Justiça que vai sabatiná-lo está na mira da Lava-Jato e precisa dele no STF para safar-se; terceiro, ele tem um forte cabo eleitoral, o ministro Gilmar Mendes; e quarto, ele conta com o apoio da mídia, a mesma mídia que até recentemente o criticava e que, agora, descobriu nele as qualidades que até então não havia percebido.

Leia mais...
 

Vencendo a guerra contra o Aedes

E-mail Imprimir PDF

Tem sido preponderante a enorme força-tarefa que vem sendo realizada pelo poder público, com apoio da iniciativa privada, para exterminar os focos do Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Na capital acreana, em particular, a prefeitura vem desenvolvendo diariamente ações que incluem a limpeza nos bairros com maior índice de infestação do temido mosquito, bem como o trabalho de visitação às casas que vem sendo feito pelos agentes de endemias.

Leia mais...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 3 de 1030

Últimos Artigos, Notícias e Outros

DECISÃO DO TRF4 NÃO FAZ JUSTIÇA

Jorge Viana

Quando Lula será preso?

Nelson Jobim

Pedofilia e a PEC 64/2016

Valéria Martirena

Representação

Luis Fernando Veríssimo

Serra volta ao Senado para marcar Aécio homem a homem

Alex Solnik

“Entreguismo” poderá sepultar o golpe

Marcelo Zero

Nem a base de Temer engole a reforma previdenciária

Tereza Cruvinel

Brasil pega fogo e Temer toca harpa

Ribamar Fonseca

Vencendo a guerra contra o Aedes

Editorial Página 20

Triste e revoltante!

Editorial Página 20

Temer & Moraes: o desprezo pela opinião pública

Kotscho

Reação na Petrobras: “querem trocar a Noruega pela Nigéria”

Paulo Moreira Leite

Covardia e preconceito contra Marisa

Paulo Moreira Leite

Eros, Tanatos e o ódio à família Lula da Silva

Tereza Cruvinel

O povo quer ver trabalho com resultado

Editorial Página 20

Boulos e o guarda da esquina do AI-5

Paulo Moreira Leite

Temer perdido no caos

Alex Solnik

Sonho da elite é ter um Romero Brito na parede e uma senzala no quintal

Luis Felipe Miguel

Sombra da ditadura no horizonte

Paulo Moreira Leite

2016: o ano do golpe e do seu fracasso

Emir Sader

A guerra entre as estrelas togadas

Tereza Cruvinel

Com dom Paulo, homenagem à democracia

Paulo Moreira Leite

Aeroporto maior e melhor

Editorial Página 20

Datafolha: 63% contra o golpe dentro do golpe

Paulo Moreira Leite

As ruas vão tirar Michel Temer

Silvio Costa

O fim do "Sem Censura" e os ataques à comunicação pública

Tereza Cruvinel

171, um número que acua Temer

Tereza Cruvinel

Valorização e fortalecimento da cultura e identidade dos povos indígenas

Maria Meireles